Papo de boteco – Edelweiss

O Ministério da Comida está de volta!!! Após um tempinho longe por correrias do dia a dia e uma viagem que vai render muitos posts, o blog está voltando à ativa. E para comemorar nada melhor do que uma boa cerveja no nosso Papo de Boteco…espero que gostem!!!
Sempre gostei de cervejas de trigo, em dias de verão, como ultimamente, elas são uma ótima pedida.
Produzida pela Hofbräu Kaltenhausen, a Edelweiss representa a altura o gênero das Weizenbier, as cervejas de trigo. Fruto de um interessante processo de resfriamento natural dentro de cavernas da montanha onde a cervejaria foi construída na Austria, a cerveja possui sabor  frutado com notas de cravo, banana e fermento, e deliciosa e espessa espuma, além de grande refrescância.

Informações gerais:

Cerveja: Edelweiss Weissbier-Hefetrüb
Cervejaria: Hofbräu Kaltenhausen
País: Austria
Álcool: 5.5%

Fonte: http://www.edelweissbier.at/

Ajo Blanco

São Paulo anda meio quente nos últimos tempos, por isso a receita de hoje é algo bem refrescante, uma sopa espanhola chamada Ajo Blanco, trata-se de uma sopa fria feita com alho, amêndoas e acompanhada de uvas verdes. Fica deliciosa e é uma ótima opção de entrada quando servida em copos de shot.  Vamos à receita:
Ajo Blanco
Ingredientes:
– 200 g de amêndoa sem pele tostadas. (eu usei a amêndoa já triturada)
– 5 ou 6 dentes de alho
– Pão tipo baguete (aquela baguete que é do tamanho de um pão francês)
– 300 mL de azeite de oliva
– 1 L de água
– 130 mL de vinagre de Jerez
Para acompanhar:
– Uva verde sem caroço
– redução de vinho doce, redução de vinho do porto, redução de Jerez, ou redução de Aceto Balsâmico ( hoje em dia já podemos achar esses tipos de redução em vários supermercados)
Você também irá precisar de:
Liquidificador
Copos de shot para servir
Modo de preparo:
1-    Deixe o pão de molho na água por cerca de uma hora
2-    No liquidificador colocar o alho, a amêndoa, o sal, e o pão demolhado e começar a bater
3-    Colocar o vinagre e continuar batendo
4-    Vá colocando água aos poucos sempre batendo
5-    Com o liquidificador em movimento vá colocando o azeite aos poucos para que a sopa fique bem cremosa.
6-    Coloque no fundo do copo um pouco da redução de sua escolha, complete o copo com a sopa e sirva acompanhado  com as uvas.

Dicas:
1-    Como preparar as amêndoas: ferva um pouco de água e coloque as amêndoas, deixe por alguns minutos e depois ao apertar a casca sai inteira na sua mão, leve as amêndoas sem casa ao forno(160°C)  por alguns minutos para que sequem e liberem seu aroma.
2-    Alho: tire o “embrião” que fica no meio do dente de alho pois é aquilo que torna o alho indigesto para algumas pessoas.

A cozinha fora da cozinha – LOVE MUSIC LOVE FOOD – The Rock Star Cookbook

Esses dias passeando por uma livraria vi um livro que me chamou muito a atenção, para alguém que, como eu, ama música e gastronomia esse livro é realmente um prato cheio!!!
Uma reunião de vários artistas que resolveram colaborar na luta contra o câncer resultou em várias receitas e belíssimas fotos. Cada Rock Star elegeu uma receita ou ingrediente que ama e tudo foi supervisionado pelo maravilhoso chef Heston Blumenthal. Além de tudo boa parte da renda vai para o Teenage Cancer Trust.
Livro: Love Music Love Food – The Rock Star Cookbook
Idioma: inglês
Edição:
Ano de Lançamento: 2011
Número de páginas: 240

Pão Integral

Adoro fazer pão em casa, sempre gostei, ficam melhores que os comprados por ai, pois são mais fresquinhos e sem aquele monte de conservante e etc!!!
A receita de hoje então é um pão integral, vocês lembram do pão de beterraba? Então, é o mesmo processo. Espero que gostem!

Pão Integral
Ingredientes:
– 350 g de farinha de trigo
– 150 g de farinha de trigo integral
– 325 mL de água
– 50 g de manteiga sem sal
– 20 g de fermento biológico fresco
– 15 g de açúcar
– 10 g de sal
– 10 g de leite em pó
– 1 gema

Você também irá precisar de:
– Bowl
– Forma para pão de forma
– Manteiga para untar a forma

Modo de preparo
1.    Em um bowl misture o fermento, metade do açúcar, metade da água e um pouco da farinha até virar uma massa cremosa. Polvilhe com bastante farinha e espere isso crescer, a farinha ficará craquelada. (Se tiver alguma duvida olhe as fotos do pão de beterraba que o processo é o mesmo =) )
2.    Depois desse primeiro crescimento adicione o restante da água, a gema, o leite em pó e o restante do açúcar e misture bem. Vá adicionando mais farinha aos poucos.
3.    Despeje a massa ainda bem mole na bancada e comece a trabalha acrescentando farinha aos poucos.  Alterne a farinha de trigo comum com a integral.
4.    Quando a massa estiver um pouco mais firme acrescente o sal e a manteiga e continue trabalhando.
5.    Acrescente farinha até dar o ponto.
6.    Coloque na forma untada com manteiga e deixe descansar por aproximadamente 1 hora ou até dobrar de volume.
7.    Pré-aqueça o forno a 160°C
8.    Asse em forno pré-aquecido por cerca de 40 minutos

“A cozinha fora da cozinha” – Donna Hay

A dica de hoje não é um livro ou um filme, resolvi mudar um pouco de mídia e trazer um site para vocês. Hoje estou indicando o site da Donna Hay, não é exatamente uma alta gastronomia, muito pelo contrário, a Donna tem algo “confort”, intimista, meio cozinha de casa sabe?!
Para os que não conhecem, Donna Hay  é a autora dos livros de culinária mais vendidos da Austrália, além de ser um ícone da cozinha caseira em seu país. É também a editora da revista Donna Hay Magazine, lançada a cada dois meses em versão impressa ou digital (para Ipad).
O site Donna Hay, é super completo, cheio de receitas de todos os tipos, salgados, doces, petiscos, cookies, etc. Mas além das receitas lá você pode ver partes da ultima revista lançada, dicas para montar uma mesa de acordo com o evento e sugestões de cardápios para o mesmo, além da loja online que entrega aqui no Brasil!!!! Espero que gostem!!!

http://www.donnahay.com.au/index.htm

Sorbet de framboesa

O calor nos últimos dias está bem pesado aqui em São Paulo, e andei recebendo alguns pedidos por e-mail de leitores que querem fazer sorvete em casa. Pensando nisso a receita de hoje é exatamente essa, um sorbet de framboesa, super-refrescante e bem mais light que um sorvete comum, pois não usa creme de leite, ovos e gordura.
Eu fiz o meu sorbet na sorveteira da Kitchen Aid, ela é um acessório da batedeira que não passa de um bowl com a parede bem grossa que congela ao ficar no freezer por um tempo, dai quando você coloca a massa do sorvete lá dentro ele vai  resfriando em contato com o bowl congelado e vai pegando cremosidade conforme a batedeira vai girando.
Mas, se você não tem uma dessas em casa não se desespere, você consegue sim fazer um sorvete, só que dá um pouquinho mais de trabalho. Faça a massa do sorvete e leve ao congelador por 30 minutos, tire e bata com a batedeira, leve novamente ao congelador e depois de um tempo bata novamente e vá repetindo essa operação até que fique cremoso, depois é só deixar no congelador e por mais umas duas horas e pronto.  Agora que você já sabe o processo vamos à receita…

Sorbet de framboesa
Ingredientes:
– 500 g de framboesa congelada
– suco de 1 limão
– suco de 1 laranja
– 60 mL de água
– 140 g de açúcar
– 6 g de estabilizante liga neutra
Você também irá precisar de:
– liquidificador
– panela pequena
– sorveteira ou batedeira

Modo de preparo:
1-    Na panela pequena misturar a água e o açúcar e levar ao fogo baixo até que o açúcar se dissolva.

2-    No liquidificador bater a mistura de açúcar e água, 1/3 da framboesa e o estabilizante por 5 minutos.
3-    Juntar o restante da framboesa, o suco de laranja e de limão e bater mais.
4-    Resfriar e colocar na máquina de sorvete (ou fazer o processo que eu expliquei acima caso você não tenha máquina.

Sonhos de consumo gastronômicos – abridores

Oi oi, eu sei que sumi esses dias mas as chuvas em São Paulo causaram falta de luz e internet por aqui, mas acho que agora tudo voltou ao normal!!!
E para dar continuidade aos nossos “sonhos de consumo gastronômicos”  hoje temos  abridores de garrafa… Por que ter aquele saca-rolha sem graça ou aquele abridos de garrafa de boteco se podemos transformar nossa cozinha em um lugar muito mais divertido…. espero que gostem!!!

A cozinha fora da cozinha – “ Índia, o amor e outras delícias”

Vamos lá, mais uma dica para o final de semana, e dessa vez escolhi o filme “Índia, o amor e outras delícias” (Nina’s Heavenly Delights), uma comédia romântica com ares de produção bollywoodiana, mas que mostra bem de perto a gastronomia da Índia.
No filme a jovem Nina Shah (Shelley Conn), acaba de perder o pai e se vê obrigada a vender o restaurante de cozinha indiana da família para pagar uma dívida de jogo que o mesmo havia deixado.  A única esperança para salvar o restaurante é ganhar um concurso de cozinha Indiana e com o prêmio pagar a dívida.
Bom, partindo daí já dá pra ter uma ideia do que acontecerá no enredo, a protagonista se apaixona  por uma escocesa que se tornou sócia do restaurante e as duas junto com o melhor amigo, um travesti, vão tentar salvar o restaurante e vencer o concurso.
Na verdade o mais interessante no filme não é o enredo em si e sim as cenas na cozinha, a fotografia é maravilhosa e as cenas são extremamente bem construídas e filmadas. Os temperos, ingredientes, preparações, é tudo tão real que o telespectador quase sente o aroma e sabor ao assistir o filme. Ou seja, vale a pena!!!

•    Filme: “Índia, o amor e outras delícias” (Nina’s Heavenly Delights)
•    Gênero: Comédia
•    País / Ano: Reino Unido / 2006
•    Direção: Pratibha Parmar
•    Elenco: Shelley Conn, Laura Fraser, Ronny Jhutti
•    Censura: 14 anos
Imagens:  http://www.adorocinema.com

Traduzindo receitas:

Bom, continuando com a ideia de fazer/adaptar receitas americanas ai vão mais alguns termos e ingredientes encontrados nos livros.

Primeiro alguns ingredientes:

Clove – Cravo de Índia

Coriander – Coentro

Grated orange rind – Raspas de laranja

Hazelnut – Avelã

Nutmeg – Noz-moscada (ground nutmeg –> noz-moscada em pó)

Oat – Aveia

Oatmeal – Farinha de aveia

Raisin – Uva-passa

Yolk (egg yolk) – Gema de ovo

 

Alguns termos utilizados:

Chopped – picado

Dusting – Polvilhar

Greasing – Untar

Scant cup – “xícara mal cheia “

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.